Dicas para reforçar a segurança de uma piscina

A chegada do bom tempo nos convida a curtir a piscina. Os sortudos que têm um em casa sabe que ele é um bem precioso durante os meses de verão, mas eles também estão cientes de que devemos reforçar a segurança melhor para evitar problemas, especialmente se houver crianças em casa.

Neste artigo vou compartilhar uma série de dicas para tornar a piscina o mais segura possível em todos os aspectos. Você quer conhecê-los?

Considere a contratação de um especialista

Em primeiro lugar, devemos dizer que o conselho de um profissional é sempre bem-vindo, embora seja verdade que não é a opção mais barata de todas. Além disso, uma pessoa capacitada no campo não só será capaz de orientá-lo em questões de segurança, mas também será capaz de lhe dar boas recomendações sobre manutenção, o que é essencial para estender a vida útil da piscina.

Segurança sob a forma de cercas e cobre piscinas

A primeira coisa que você tem que ter certeza é que a piscina é perfeitamente vedada, algo que é altamente recomendado quando há crianças em casa, pois desta forma evitamos que em um descuido eles escorreguem na piscina e se joguem na água.

A lona plástica de piscina têm uma missão semelhante, uma vez que são lonas que são colocadas acima da superfície ocupada pela água para evitar que as crianças entrem no interior depois de acessar a área designada para a piscina. Além de nos ajudar a evitar esse incidente, também contribui para a manutenção da água, pois permanece limpa por mais tempo.

Outro acessório muito útil, embora um pouco mais caro, é aquele que envolve a instalação de um sensor que detecta a queda de uma pessoa na água. É instalado na borda ou no interior e é muito eficaz.

Cuidado com os deslizamentos

O acesso à piscina pode ser perigoso se você não instalar um tipo de piso feito de materiais antiderrapantes que reduzam as chances de deslizamento. Por outro lado, é bom colocar escadas para facilitar o acesso para os idosos ou pessoas com mobilidade reduzida. Na verdade, você pode até escolher uma rampa que facilite ainda mais o acesso.

A água também requer seu cuidado

Ao pensar sobre a segurança da piscina, não podemos esquecer a água, que deve ter valores de pH entre 7,2 e 7,6 . A cor da água é a melhor pista para saber se está em condição ou não, mas em caso de dúvida o melhor é recorrer a um profissional ou fazer um teste com um medidor de pH, que normalmente é um aparelho eletrônico.

Kit de primeiros socorros para a piscina

Se, apesar de ter implementado todas as medidas descritas acima, ocorrer um acidente, é bom ter um kit de primeiros socorros à mão para poder agir o mais rápido possível. Claro, também é aconselhável ter um conhecimento mínimo de primeiros socorros , já que a ambulância geralmente leva alguns minutos, o que pode ser decisivo para salvar a vida de uma pessoa.

Se houver crianças na piscina e elas não puderem nadar, deve haver sempre um adulto observando-as. Além disso, é uma boa ideia treiná-los com segurança para conhecer os perigos da piscina, enquanto você tem que dar o exemplo para evitar situações desagradáveis, como escorregar e bater na água. Cabeça para correr ao redor da piscina.